MAPA DE VISITAS MUNDIAL

Visit http://www.ipligence.com

sexta-feira, 11 de março de 2011

Forte terremoto atinge a costa nordeste do Japão e gera tsunami

Um terremoto de magnitude 8,9 atingiu nesta sexta-feira (11) a costa nordeste do Japão, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), matando ao menos 32 pessoas no país e gerando um tsunami (onda gigante com potencial destrutivo) que ameaça países da costa do Oceano Pacífico.
O tremor foi o 7º pior da história, segundo a agência americana.

Imagens de TVs locais mostram que o abalo provocou um tsunami, que alcançou áreas da cidade de Sendai. Carros e barcos foram arrastados.
Logo após o tremor, um alerta para ondas de até seis metros de altura foi emitido no país. O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, agência americana, também emitiu um alerta para toda a costa pacífica, exceto EUA e Canadá continentais, de onda de até dez metros.
A agência de gerenciamento de desastres do Japão afirmou que pelo menos 40 pessoas morreram e 39 estavam desaparecidas, mas, segundo a imprensa local, os números devem subir.


Ainda não havia informações sobre vítimas brasileiras, segundo o embaixador do Brasil no país.
O tremor teve epicentro no Oceano Pacífico a 130 km da península de Ojika, no Japão, a uma profundidade de 24 km, considerada baixa.
Ele ocorreu às 14h46 (hora local, 2h46 de Brasília) e foi seguido por pelo menos outros 52 fortes tremores de magnitude superior a 5, segundo o USGS, agência americana que monitora e estuda tremores pelo mundo. O governo japonês emitiu um alerta sobre o risco de fortes réplicas.

Premiê pede calma
O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, qualificou como "grandes" os danos causados pelo abalo. Kan pediu "calma" à população. Ele estava no Parlamento na hora do tremor.


Foram registrados incêndios em pelo menos 80 lugares, segundo a agência Kyodo.
O terremoto sacudiu com força os edifícios de Tóquio. Alarmes foram disparados nos prédios, houve correria, e as linhas telefônicas ficaram bloqueadas.
O Shinkansen, o trem-bala da capital japonesa, e os dois principais aeroportos ficaram temporariamente fechados.
As autoridades japonesas pediram aos moradores da capital que fiquem no centro da cidade e que não tentem chegar a suas casas se vivem nos arredores.
A parede de água entrou quilômetros adentro pela costa da ilha de Honshu, arrastando casas e transformando os portos em cenários de desoladora devastação.


Nas áreas rurais próximas, a onda varreu as frágeis casas de madeira como se fossem de papel, e em questão de minutos devorou centenas de hectares de plantações.
Em Aomori, no extremo norte da ilha de Honshu, pelo menos cinco embarcações grandes, algumas emborcadas de cabeça para baixo, foram levadas pelas águas. Algumas foram paradas por árvores, outras, por conjuntos de lojas ou barreiras marítimas.
Em Ibaraki, era possível ver do alto grandes casas flutuando pela enchente, cercadas por dezenas de carros.
A rede TBS mostrou um prédio em chamas na ilha futurística de Odaiba, na capital japonesa.
Um navio com 100 pessoas a bordo foi virado pelo tsunami na costa, segundo a agência Kyodo.
Alertas
Um aviso de ondas gigantes foi emitido pelo Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico após o terremoto.
As Filipinas ordenaram a retirada de milhares de cidadãos na costa oriental do terço norte do país, pelo risco de a onda gigante atingir a região.

Segundo o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Philvolcs), a onda gigante chegará ao litoral leste da ilha de Luzon entre 17h e 19h do horário local (6h e 8h de Brasília).
Nova Zelândia, Taiwan, Indonésia e a ilha de Guam também emitiram alertas.

video

Moradores do Havaí fogem para áreas mais altas; tsunami pode inundar todas as ilhas da região.

Sirenes foram emitidas em Honolulu, no Havaí (EUA), enquanto milhares de moradores das zonas costeiras estão sendo levados para terrenos mais altos e abrigos. Um alerta para tsunami foi emitido nesta sexta-feira (11) depois que um terremoto de 8,9 pontos na escala Richter atingiu a costa nordeste do Japão. O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico espera que a onda gigante atinja o Havaí às 2h59 do horário local. 

Em entrevista coletiva, o diretor do centro Chip McCreary afirmou que o tsunami tem potencial para inundar a costa de todas as ilhas havaianas. "A ameaça será mais clara quando a onde atingir as ilhas Wake e Midway", afirmou.

O alerta provocou uma corrida aos supermercados e os habitantes enfrentam filas para comprar água e suprimentos. Os postos de gasolina também ficaram cheios. No distrito turístico de Waikiki, os turistas foram levados para os andares mais altos dos seus hotéis.

Cerca de 70% da população do Havaí, que soma 1,4 milhão de habitantes, mora em Honolulu e mais de 100 mil turistas passam pela cidade por dia. "Estamos nos preparando para o pior e estamos rezando pelo melhor", disse John Cummings III, porta-voz do Departamento de Gerenciamento de Emergências de Honolulu.

O terremoto é considerado o mais forte em 140 anos e provocou ondas de até 10 metros que atingiram principalmente a região de Sendai, na costa leste, do Japão.
Autoridades em mais de 20 países e várias ilhas do Pacífico emitiram alertas de tsunami. A lista de países inclui desde países da região, como Austrália, Nova Zelândia e Indonésia até Rússia, EUA e países da América Central e do Sul, como Guatemala, El Salvador, Costa Rica e Chile. A Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho alertaram que algumas ilhas da região podem desaparecer.

No Alasca, uma dúzia de pequenas comunidades das ilhas Aleutiana estava em alerta. "Todo nesta área sabem. Quando você sente, você se move, não fica esperando pela sirene", disse John Madden, diretor da divisão de Segurança Interna e de Gestão de Emergência do Alasca. Na região, a cidade mais afetada é Unalaska, que tem uma população de cerca de 4.000 habitantes.

No território norte-americano de Guam, no oeste do Pacífico, os moradores foram removidos para áreas pelo menos 15 metros acima do nível do mar. As Ilhas Marianas do Norte, outro território dos EUA, também estavam sob o aviso.

Nas Filipinas, as autoridades ordenaram a evacuação das comunidades costeiras do país. Funcionários de gestão de desastres em Albay, província a sudeste de Manila, trabalham para que os residentes se desloquem para áreas a pelo menos cinco metros acima do nível do mar.

Segundo Chris Ryan, meteorologista do Centro Nacional de Meteorologia e Oceanografia, a Austrália não está sob perigo porque será protegida pelas ilha do norte, como Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão, que devem absorver grande parte do impacto caso haja um tsunami. O governo australiano, no entanto, monitora a ameaça.

As autoridades da Rússia também evacuaram cerca de 11 mil moradores de áreas costeiras nas ilhas do Pacífico. Funcionários de emergência locais disseram que as ondas atingiram diversas cidades e povoados das ilhas Kurils, mas não causou nenhum dano. As ilhas estão a 10 quilômetros da ilha japonesa de Hokkaido.

Uma onda de três metros atingiu a aldeia russa de Malokurilskoye e alguns outros povoados registraram níveis mais baixos de água, mas não houve relatos imediatos de danos.

De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA, a lista completa de países e territórios que podem ser atingidos por tsunamis inclui:
  • Japão
  • Rússia
  • Ilhas Marcus
  • Ilhas Marianas do Norte
  • Guam
  • Ilhas Wake
  • Taiwan
  • Yap
  • Filipinas
  • Ilhas Marshall
  • Belau
  • Ilhas Midway
  • Pohnpei
  • Chuuk
  • Kosrae
  • Indonésia
  • Papua Nova Guinea
  • Nauru
  • Ilhas Johnston
  • Ilhas Salomão
  • Kiribati
  • Howland-Baker
  • Havaí
  • Tuvalu
  • Ilhas Palmyra
  • Vanuatu
  • Tokelau
  • Ilhas Jarvis
  • Wallis-Futuna
  • Samoa
  • Samoa Americana
  • Ilhas Cook
  • Niue
  • Austrália
  • Fiji
  • Nova Caledônia
  • Tonga
  • México
  • Ilhas Kermadec
  • Polinésia Francesa
  • Nova Zelândia
  • Pitcairn
  • Guatemala
  • El Salvador
  • Costa Rica
  • Nicarágua
  • Antárctica
  • Panamá
  • Honduras
  • Chile
  • Equador
  • Colômbia
  • Peru
* Com agências internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para nos ajudar adote uma arvore! Doe R$ 12,00 e uma muda será plantada em nossas areas de reflorestamento. Quanto mais voce doar mais arvores serao plantadas! Envie aos seus amigos! Nos ajude a cumprir nossa missão! O planeta agradece! Ag. Banco do Brasil n. 0172-4 C/C nº46.330-2 Rio Claro /SP