MAPA DE VISITAS MUNDIAL

Visit http://www.ipligence.com

CAMPANHAS

PROGRAMA DOE ÁRVORE

O programa DOE arvore, DOE verde, DOE vida nasceu de um raciocínio aparentemente simples: "Existem mais de seis milhões de internautas no Brasil, imaginem uma parte deles resolvendo plantar árvores nativas do Cerrado e da Mata Atlântica via internet, com uma doação!". A ideia, apoiada pela Fundação Claret, o Jornal Regional e a ACIRC, concretizou-se no blog www.orgmiraterra.blogspot.com, no link DOE VERDE que permite aos internautas doarem uma muda de árvore por dia e monitorar seu crescimento ao longo dos anos.

A cada R$ 12,00 reais uma árvore é plantada e será feita sua manutenção a cada três meses durante dois anos e sua reposição caso venha a morrer. O plantio ser sempre feito em áreas de APP – área de proteção ambiental ou e reserva legal. Todo projeto tem sua prestação de contas junto ao ministério da justiça em Brasília e junto ao CNEs Cadastro Nacional de Entidades.

O objetivo é contribuir para a recuperação e recomposição de áreas degradadas da bacia do Corumbataí, em especial áreas de preservação permanente e reservas legais, por meio da doação de mudas de árvores nativas. Essas mudas são patrocinadas por parceiros captados na rede mundial. Igualmente, via internet, interessados em receber doações de mudas para reflorestamento cadastram-se na homepage e, caso tenham perfil adequado, inicia-se um processo de contratos e projetos de reflorestamento para sua efetivação.

Qualquer pessoa que tenha uma área a ser reflorestada com tamanho igual ou superior a três hectares pode se beneficiar do programa, basta escrever para o e-mail orgmiraterra@hotmail.com que recebera de volta a ficha de cadastro para a propriedade.

Neste primeiro ano de existência, o DOE arvore espera consolidar seu crescimento abrindo novas possibilidades de negócios para o mercado de mudas de árvores nativas, o que fomentará a criação de novos viveiros e diversificará atividades de terceiros. Com isso, haverá a possibilidade de gerar mais trabalho e renda nas áreas onde estão localizados os viveiros e os reflorestamentos.

O principal ganho será para a própria bacia do Corumbataí: o DOE arvore já viabilizara o plantio de no mínimo mais de cinco milhões de árvores nativas, tendo vários projetos já aprovados nos municípios da região.

A cada mês, também serão lançadas promoções que reconhecerão os maiores plantadores do site e estimulam ações de cidadania virtual.